segunda-feira, janeiro 19, 2009

Carpe Diem

A 19 de Janeiro de 1923, faz HOJE oitenta e seis anos, nasceu, na Póvoa de Atalaia, concelho do Fundão, o escritor português Eugénio de Andrade. Em reconhecimento pela sua notável obra poética, traduzida para diversas línguas, foram-lhe atribuídos inúmeros prémios literários, tanto em Portugal como no estrangeiro, tendo ainda sido agraciado, pelo governo português, com o grau de Grande Oficial da Ordem de Santiago da Espada e a Grã-Cruz da Ordem de Mérito. Escreveu ainda inúmeros livros para crianças. Faleceu, com 82 anos, a 13 de Junho de 2005.

Passamos pelas coisas sem as ver,
gastos, como animais envelhecidos:
se alguém chama por nós não respondemos,
se alguém nos pede amor não estremecemos,
como frutos de sombra sem sabor,
vamos caindo ao chão, apodrecidos.

Eugénio de Andrade

2 comentários:

João B. Serra disse...

Desculpe esta pequena intromissão. Apenas para lembrar que as condecorações nacionais são atribuídas pelo Presidente da República - que é o Grão Mestre das Ordens - e não pelo Governo.
JS

Ocean disse...

Caro João, agradeço a preciosa e valorosa correcção. Registo com apreço a simpática visita a este humilde espaço de partilha. Abraço.