sexta-feira, março 23, 2007

Palavras de Vida Eterna

Urgentemente

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
Ódio, solidão e crueldade,
Alguns lamentos,
Muitas espadas.

É urgente inventar a alegria,
Multiplicar as searas,
É urgente descobrir rosas e rios
E manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
Impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
Permanecer.

Eugénio de Andrade

1 comentário:

BLOG DE MARIO LUIZ DE MELLO disse...

Belo poema.
Blog sensacional. Parabens!

Visite-nos em:

http://blogdomariomello.blogspot.com